Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Heidiland

Viver rodeada de montanhas, vacas, gatos e suíços // Wohnen neben Bergen, Kühen, Katzen und Schweizern.

Heidiland

Viver rodeada de montanhas, vacas, gatos e suíços // Wohnen neben Bergen, Kühen, Katzen und Schweizern.

Só na suíça || Nur in der Schweiz #18

Quem diria que uma ida ao supermercado serviria de tema para um texto? Sabiam que os preços dos produtos são apresentados de três formas diferentes (unidade, 100 gr. e quilo)?. O assunto pode parecer um pouco banal, mas importante para quem (estrangeiro) for às compras pela primeira vez a um supermercado na Suíça.

 

Como a realidade em Portugal é um pouco diferente, no início fazia-nos alguma confusão comprar fruta à peça e ao quilo e por algumas vezes ficámos surpreendidos com o preço final do peixe. Para terem uma noção dos preços selecionámos alguns desses exemplos:

mango_coop.jpg

Frutos exóticos – a sua grande maioria é vendido à unidade;

 

orangen_coop.jpg

Fruta da época – preço por quilo;

lamm_coop.jpg

Carne e Peixe fresco – preço por 100 gr.

 

Sabendo um pouco de alemão é fácil distinguir peça (Stück) de quilo (Kilo), mas se estiverem com alguma pressa conseguem ser facilmente “enganados”. Assim nos despedimos, mas sem antes deixarmos duas perguntas: O que é que vocês acham desta forma de apresentar os preços? Acham que se adaptariam bem?

 

Para a semana estaremos novamente ausentes, porque teremos visitas. Continuem desse lado que prometemos regressar com mais novidades e curiosidades sobre a Suíça.

Só na suíça || Nur in der Schweiz #17

aperto-de-mao copy.jpg

Foto: Freepick.com

 

Na última semana a falta de inspiração tomou conta de nós e apesar de termos alguns temas em mente as palavras não surgiam. Assim sendo, decidimos parar uma semana para arejar as ideias, ler, comentar outros blogs e esperar que a inspiração aparecesse. Enquanto estivemos ausentes fomos a alguns eventos sociais que nos inspiraram para o tema de hoje: cumprimentar!

 

Os suíços têm pelo menos duas formas de cumprimentar que variam conforme o nível de confiança e formalidade:

 

Aperto de mão:

Quando se conhece uma pessoa (vizinho, colega, chefe...) pela primeira vez, o correcto é apertar a mão. Pode ser um gesto formal, mas evita qualquer mal-entendido.

 

Três beijos na cara:  

A partir do momento em que se tem alguma afinidade com uma pessoa podemos cumprimentá-la com três beijos na cara. Em caso de dúvida, convém esperar que a outra pessoa tome a iniciativa. Se houver afinidade e bastante confiança pode-se cumprimentar com três beijos e “acrescentar” um abraço (incompleto).

 

Ao princípio demorámos a interiorizar o cumprimento de três beijos (em Portugal são apenas dois), mas agora é algo completamente normal e segundo a nossa opinião mais simpático e intimista. Até descobri que sou uma pessoa que gosta de dar abraços, porque agora faço-o com alguma regularidade, independentemente de estar em Zurique ou Lisboa. – parece que a idade e a experiência mudam uma pessoa!

 

O que é que vocês acham destas formas de cumprimentar? Seriam capazes de se habituar aos três beijos ou pensam que é demasiado pessoal?

Lendas do Porto, o livro || das Buch

A cidade do Porto foi eleita o melhor destino turístico europeu de 2017. Em homenagem a esta grande cidade portuguesa recomendamos o livro do historiador Joel Cleto, “Lendas do Porto”. Julgamos que o livro é de leitura obrigatória para todos aqueles que pretendem conhecer a história e lendas por detrás desta cidade.

 

Lendas do Porto Vol I e II.jpg

 

Ao escrever esta recomendação descobrimos que o historiador apresentou no ano passado o quatro volume do livro. Por causa das raízes do norte do arquitecto foram-nos oferecidos o primeiro e segundo volumes (foi desta forma que tivemos conhecimento da sua existência). Confesso que vou a meio do primeiro livro, mas estou a gostar de cada passagem. Os textos são muito bem escritos e a linguagem é cuidada, mas não complicada.

 

Lendas do Porto vol III e IV.jpg

 

No primeiro livro são desmistificadas as lendas de Rio Tinto, O Homem da Maça e A Origem dos Tripeiros, entre outras. Esperamos ter despertado a vossa curiosidade para adquirirem ou oferecem esta obra. Despedimo-nos e até para a semana!

***

Die Stadt Porto wurde als bestes europäisches Reiseziel 2017 gewählt und wir werden diese Stadt mit der Empfehlung des Buches „Lendas do Porto“ vom Historiker Joel Cleto ehren. Wir glauben, das Buch ist für alle, die die Geschichte und Legenden Portos kennenlernen möchten.  

 

Als wir diese Empfehlung schrieben, haben wir gefunden dass der Historiker den vierten Band letztes Jahr präsentiert hat. Aufgrund der nördlichen (Nord Portugals) Ursprung des Architekten wurden uns die ersten und zweiten Bänder geschenkt. Ich muss euch beichten, dass ich in der Mitte des Buches bin und es sehr gern habe. Die Texte sind gut geschrieben und die Schrift ist zwar gepflegt aber unkompliziert.

 

Im ersten Buch werden „Rui Tinto“, „O Homem da Maça“ und „A Origem dos Tripeiros“ entmythisiert. Wir hoffen, dass wir Ihre Neugier geweckt haben, das Buch zu kaufen oder verschenken. Wir verabschieden uns und bis nächste Woche!

White Turf

white turf_08.jpg

 

Já algumas vez ouviram falar da corrida White Turf? No domingo fomos a St. Moritz (Cantão de Grisões) para assistir a mais uma edição da mundialmente famosa Corrida Internacional de Cavalos sobre o gelo. Leram correctamente, o evento ocorre sobre o lago gelado de St. Moritz. A primeira edição do White Turf decorreu em 1907 e apesar de não ser um evento único, atrai desde essa altura muitos visitantes.

 

É completamente seguro e a estabilidade do gelo é verificada para que o evento decorra todos os anos em fevereiro sem acidentes. Lamentavelmente, o último dia de corridas teve que ser cancelado devido à queda de três cavalos e respectivos cavaleiros (Jockeys). Fomos informados que devido a uma fissura no gelo, alguma água do lago subiu e fez derreter parte da neve. O piso instável levou à queda de um cavalo que originou a queda de outros dois. Apesar do acidente continuou a ser seguro estar em cima do lago, mas não para dar continuidade à corrida.

 

A nossa crítica à organização:

Os funcionários das bilheteiras após a queda deveriam ter avisado os (novos) visitantes que havia o risco de que a corrida fosse cancelada. Quando comprámos os nossos bilhetes não sabíamos que tinha havido um acidente. Infelizmente, não assistimos à corrida nem nos devolveram o dinheiro dos ingressos.

 

Para terem uma noção da grandiosidade do evento, das corridas e do jet set partilhamos um vídeo publicitário e algumas das nossas fotografias. Independentemente do cancelamento da corrida o ambiente era de descontração, alegria e muitos comes e bebes à mistura. Como se costuma dizer, para o ano há mais!

white turf_04.jpg

white turf.jpg

white turf_02.jpg

white turf_03.jpgwhite turf_05.jpg

white turf_06.jpg

white turf_07.jpg

white turf_09.jpg

 

  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.