Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Heidiland

Viver rodeada de montanhas, vacas, gatos e suíços // Wohnen neben Bergen, Kühen, Katzen und Schweizern.

Heidiland

Viver rodeada de montanhas, vacas, gatos e suíços // Wohnen neben Bergen, Kühen, Katzen und Schweizern.

Limoges

limoges_05.jpg

 

Falta-nos apenas escrever e publicar um texto para terminarmos a nossa viagem. Há um proverbio português que ilustra o nosso sentimento: “o que é bom, acaba depressa”. E efetivamente a nossa viagem (e o relato dela) acabou demasiado rápido. Não vamos continuar a lamentá-lo, porque na verdade divertimo-nos bastante e o texto de hoje reflete isso.

 

Recordam-se do episódio do emigrante que nos fez sinais de luzes na autoestrada para nos cumprimentar (ver aqui)? A caminho de Limoges aconteceu-nos uma situação muito similar: um jovem casal suíço abordou-nos numa estação de serviço: bateram no nosso vidro e cumprimentaram-nos em dialeto suíço. Ficámos sensibilizados com o gesto, mas explicámos que apesar do carro ter matrícula suíça, nós éramos portugueses – atitudes como esta(s), aquecem-nos o coração.

 

Segundo os nossos planos chegaríamos tarde a Limoges, e por essa razão decidimos parar para descansar e jantar em Angoulême – cidade conhecida pelo maior festival de banda desenhada da Europa, realizado todos os anos desde 1974. Em viagens longas aconselhamo-vos a planearem bem as vossas pausas. A nossa paragem em Angoulême serviu para vermos as ilustrações que estão espalhas pela cidade.

 

angolême_03.jpgangolême_01.jpg

crepe.jpgangolême_02.jpg

 

Em Limoges visitámos o Four des Casseaux – um dos últimos cinco fornos de porcelana da cidade. Limoges é mundialmente conhecida pelos seus esmaltes, porcelanas e barris de carvalho. Como devem calcular trouxemos recordações: dois pratos em forma de coração. Ao explorar a cidade encontrámos um restaurante português, Le Magellan – o dono era uma simpatia (emigrante de segunda geração) que nos ofereceu pastéis de nata. Os pratos eram de inspiração portuguesa, mas com um toque francês. Recomendadíssimo!

 

limoges_02.jpglimoges_01.jpglimoges_03.jpglimoges_04.jpg

 

Com o almoço tomado fizemo-nos à estrada, porque ainda estávamos um pouco longe de casa. Regressamos na próxima quarta-feira com a última publicação desta aventura!

  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

  • Kommentare

    Comentar post // Kommentieren