Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Heidiland

Viver rodeada de montanhas, vacas, gatos e suíços // Wohnen neben Bergen, Kühen, Katzen und Schweizern.

Heidiland

Viver rodeada de montanhas, vacas, gatos e suíços // Wohnen neben Bergen, Kühen, Katzen und Schweizern.

Estacionamento para residentes || Anwohnerparkplatz 

anwohnerparkplatz.jpg

 Foto: SRF

 

Quem diria que uma mudança de paisagem nos traria novos temas para a rubrica Só na Suíça? O tema de hoje é o estacionamento para residentes. Na nossa cidade temos três tipos de estacionamento: privado, zona azul e parquímetros.

 

É um facto que nas cidades suíças há uma escassez de garagens ou lugares de estacionamento privados, o que leva muitos dos residentes a estacionar na rua. Nós também o fazemos, porém o motivo é outro: o nosso prédio tem lugares de estacionamento privados (a descoberto) mas o valor do aluguer é superior ao da autorização mensal de estacionamento para residentes. O nosso raciocino foi o seguinte: se o carro tem que ficar na rua, ao menos que seja da forma mais económica.

 

Esta autorização de estacionamento pode ser adquirida online ou numa esquadra de polícia. O custo em Adliswil é de 30 francos (varia ligeiramente de cidade para cidade). Para adquiri-la basta apresentar um comprovativo de residência e os documentos do carro. Informação importante a reter: a licença não é transmissível e precisa de estar visível no carro.

 

Ao adquirir esta licença o morador pode estacionar sem pagar na zona azul. A licença é renovável mensal- ou anualmente.

 

Esperemos que o tema tenha sido do vosso agrado. Se tiverem interesse, explicaremos na próxima quarta-feira como funciona o estacionamento na zona azul para não residentes.

 

***

Wer hätte gedacht, dass ein neuer Ort auch neue Themen zur Rubrik nur in der Schweiz bringen wurde? Das heutige Thema ist die Anwohnerparkierung. Es gibt in unserer Stadt Parkplatzmöglichkeiten: Privatparkplätze, Blaue Zone und Parkuhren.

 

Es ist eine Tatsache, dass in den Schweizer Städte Garagen- und Privatparkplätze fehlen, was zur Folge hat, dass viele Bewohner auf der Strasse parkieren. Wir machen es auch, aber der Grund ist anders: unser Wohnhaus hat (ungedeckte) Privatparkplätze, aber die Miete ist höher als der Preis einer Anwohnerparkkarte. Falls das Auto auf der Strasse parkiert werden muss, dann soll es am wenigstens kosten.

 

Dieser Anwohnerparkkarte kann online oder bei der Polizei erworben werden. In Adliswil kostet sie nur 30 CHF (der Preis kann je nach Stadt verschieden sein). Wenn man die Anwohnerparkkarte kaufen möchte, braucht es eine Wohnsitzbestätigung und den Fahrzeugausweis. Eine wichtige Information: die Parkbewilligung ist nicht übertragbar und muss im Auto sichtbar sein.

 

Der Bewohner kann mit der Parkkarte auf der Blauen Zone unbeschränkt parkieren. Die Lizenz ist monatlich oder jährlich erneuerbar.

 

Wir hoffen, dass Sie dieses Thema gern haben. Wen Sie Interesse haben, können wir am Mittwoch erklären, wie funktionier das blauen Zone.

  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

  • Kommentare

  • Imagem de perfil

    Heidiland 07.11.2016 11:21

    O problema não está nas pessoas a mais, mas no facto das pessoas quererem ou possuírem um ou mais carros. Tens famílias com dois carros e ambos estão parados durante a semana.
    As pessoas deveriam avaliar, se precisam assim tanto de um carro. Nós estivemos três anos a viver numa cidade pequena, um pouco isolada e só no último ano é que compramos um carro. Se tivéssemos vivemos sempre em Zurique, nunca teríamos colocado a hipótese de ter um automóvel, visto que os transportes públicos funcionam e com bons horários.
    Olha que muitas famílias utilizam o carro ao fim-de-semana. Por isso, precisam de um lugar ou garagem para deixar o carro.
  • Imagem de perfil

    Psicogata 07.11.2016 11:42

    Nós temos dois carros porque ambos necessitamos de carro para trabalhar, já que não existem transportes públicos :(
    Mas mesmo havendo boa rede de transportes e consciência disso, o planeta tem pessoas a mais e para agravar isso as pessoas estão concentradas.
  • Imagem de perfil

    Heidiland 07.11.2016 11:53

    As pessoas concentram-se nas zonas onde há mais trabalho. Isso acontece em Portugal, Suíça e noutros grandes ou pequenas cidades. É uma consequência do desenvolvimento: uma cidade desenvolve-se mais rapidamente do que uma aldeia no interior.

    Tens razão quando dizes que existem pessoas a mais no planeta, mas o que podemos nós fazer para combater isso? Não podemos nem devemos dizer as pessoas para não terem filhos ou estipular um filho por casal. O que se deve fazer é consciencializar o ser humano a ser mais amigo do ambiente: usar menos o carro, reciclar, não comer carne a mais, não poluir o rio ou o ar com os gases e resíduos de fábricas etc.

    P.s.: andaste a ver o documentário do Leonardo Dicaprio? É que estás a colocar questões um pouco dramáticas e que davam uma palestra.
  • Imagem de perfil

    Psicogata 07.11.2016 12:00

    Não, por acaso ainda não vi, mas quero ver, embora pelas imagens que eu vi não vou descobrir nada que já não saiba.
    Estou sempre a alertar as pessoas que estamos a dar cabo do planeta, mas olham-me como se fosse um alien!
  • Imagem de perfil

    Heidiland 07.11.2016 12:04

    😊 não precisas de alertar-me que tenho noção e conhecidos dos problemas que apresentas. Acontece que precisamos de que não basta alertar também temos que fazer alguma coisa.
  • Imagem de perfil

    Psicogata 07.11.2016 12:07

    Eu sei que sabes, aliás não te sentes um alien por saberes?
    Pois precisamos, mas ninguém quer saber.
  • Imagem de perfil

    Heidiland 07.11.2016 12:15

    A minha família sempre reciclou tínhamos um carro e andávamos quase sempre de transportes públicos ou a pé. Quando os meus pais precisaram de usar o carro ainda davam a boleia a vizinhos ou seja o carro ia cheio.
    Agora que vivo na Suíça continuo a reciclar, o carro é usado maior parte das vezes ao fim-de-semana. As pessoas que conhecemos também usam os transportes públicos ou a bicicleta isto são tudo atitudes amigas do ambiente.

    Se todos contribuirmos um pouco não custa muito.
  • Imagem de perfil

    Psicogata 07.11.2016 12:18

    As pessoas até começam a adotar comportamentos mais ecológicos, isso nota-se, mas algumas estou convencida que o fazem apenas por ser "moda" menos mal.
  • Imagem de perfil

    Heidiland 07.11.2016 12:21

    Se for uma moda que pegue a mais pessoas 😊 já agora que o serviço de transportes melhor e assim vocês já não precisam de usar dois carros para o trabalho.
  • Imagem de perfil

    Psicogata 07.11.2016 12:22

    Não me parece que tão cedo a rede de transportes melhore por estes lados :(
    Uma pena.
    Espero que os governantes e os grandes grupos económicos se consciencializem que é preciso fazer mais e melhor pelo planeta.
  • Imagem de perfil

    Heidiland 07.11.2016 12:38

    Infelizmente os interesses económicos estão a cima do ambiente. Já era altura para as cidades portuguesas terem uma melhor e mais funcional rede de transportes.
  • Imagem de perfil

    Psicogata 07.11.2016 12:40

    Já era tempo e mais que tempo!
  • Comentar // Kommentieren:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.